Entenda a diferença entre o Wi-Fi de 2,4 GHz e 5 GHz

Wi-FiO Wi-Fi no novo padrão AC é uma tendência para os próximos anos, que deve ajudar bastante a conectividade sem fio. No entanto, há uma outra tecnologia que precisa ser mais compreendida nas redes sem fio, que é o sinal de 5 GHz, que pode trazer benefícios e desvantagens em comparação com a tradicional frequência de 2,4 GHz.

Como explica Fábio Appel, coordenador da TP-Link no Brasil, a principal vantagem da frequência de 5 GHz é que ela sofre menos interferências, e o sinal chega mais limpo até os aparelhos.

Continue reading Entenda a diferença entre o Wi-Fi de 2,4 GHz e 5 GHz

Como se proteger ao usar Wi-Fi e computadores públicos?

gizmagOs hotéis dispõem de computadores para seus hóspedes usarem a Internet para checar e-mails, acessar o serviço de bancos, etc. E isso pode ser muito perigoso. Segundo alerta do Serviço Secreto dos Estados Unidos, ladrões estão instalando Keyloggers em computadores públicos, como os de hotéis. O malware rouba informações dos usuários, como dados bancários e pessoais.

Para evitar a ação dos cyber criminosos, o ideal é utilizar seu próprio dispositivo. Porém, ainda assim, alguns cuidados devem ser tomados ao usar uma rede de Internet sem fio. Confira nossas dicas e fique seguro:

Continue reading Como se proteger ao usar Wi-Fi e computadores públicos?

Como transformar o Windows 8 em ponto Wi-Fi

wifiO Windows 8.1 traz uma função muito útil para quem tem Internet banda larga ou 3G, mas não um modem Wi-Fi. Com alguns passos, é possível criar uma rede sem fio a partir do seu computador, permitindo que outros dispositivos, como tablets, smartphones e TVs acessem a mesma Internet que ele. Para isso, é necessário ter um dispositivo compatível e uma conexão local por cabo ou USB.

Continue lendo

Mandic Magic – Aplicativo que ajuda a descobrir a senha de redes Wi-Fi próximas

O Mandic Magic é um app gratuito para iOS – e agora também para Android – que ajuda a descobrir a senha de redes Wi-Fi próximas ao usuário. Mas ele não funciona de forma tão mágica quanto aparenta: ele é, na verdade, uma espécie de “rede social” de senhas.

Um usuário passa por uma cafeteria, por exemplo, e pede a palavra-chave do Wi-Fi do local. Depois de se conectar com sucesso, abre o Mandic Magic e utiliza o recurso de geolocalização do aplicativo para fazer “check-in” no local, cadastrar a senha e divulgá-la na rede social do app.

Dessa forma, quando outra pessoa for ao local, pode simplesmente rodar o Mandic Magic, encontrar o local na lista de estabelecimentos próximos e conferir a senha do Wi-Fi. Com isso, não precisará perguntar para funcionários do local, por exemplo.