Alerta: Criminosos montam telas falsas para infectar o seu Android

Pesquisadores da Unit 42, equipe da Palo Alto Networks, encontraram uma vulnerabilidade em todas as versões do sistema operacional Android anteriores ao lançamento recente, a versão 8.0 Oreo — ou seja, praticamente todos os smartphones Android vendidos no Brasil. Por meio dela, criminosos podem oferecer aplicativos que criam telas falsas em smartphones. Essas telas se sobrepõem à tela verdadeira e, dessa maneira, esconde a ação maliciosa.

Segundo a empresa, esse ataque de sobreposição permite que um malware engane o usuário e, dessa maneira, acabe habilitando o Serviço de Acessibilidade do Android. Enganada, a vítima entrega permissões ao app malicioso, que pode roubar logins e senhas, instalar outros aplicativos de maneira silenciosa e bloquear o Android para pedido posterior de resgate

A Unit 42 nota que o malware tira vantagem do recurso “Toast”, permitindo que apps legítimos enviem notificações de aviso. “É possível criar uma sobreposição de tela, escondendo os verdadeiros movimentos de um ataque. A partir de botões escondidos, usuários podem autorizar ações inadvertidamente. Com aplicativos maliciosos instalados é possível travar a tela do aparelho, excluir o PIN, limpar os dados e impedir que o app malicioso seja desinstalado”, disse o grupo.

Continue reading Alerta: Criminosos montam telas falsas para infectar o seu Android

Entenda os modos de segurança Wi-Fi

Os roteadores atuais trazem diferentes opções de segurança: WPA2-PSK (TKIP), WPA2-PSK (AES) e WPA2-PSK (TKIP/AES).

Escolha a opção errada, e você vai ter uma conexão mais lenta e menos segura. A última opção — usar TKIP e AES juntos — acaba sendo o padrão na maioria dos roteadores, porque parece que juntar todas as regras torna a rede mais segura. Esta é uma má escolha mas, para entender as opções, você precisa entender um pouco dos padrões de criptografia em redes sem fio.

AES ou TKIP

TKIP e AES são dois tipos diferentes de criptografia que podem ser usados em uma rede Wi-Fi. TKIP é uma sigla em inglês (Temporal Key Integrity Protocol), e foi um protocolo de criptografia introduzido com a chegada do WPA, para substituir o protocolo WEP, que já havia se tornado muito inseguro.

O TKIP é até bem similar ao WEP, por isto já é considerado ultrapassado e sem segurança adequada. Em outras palavras: evite usar TKIP em sua rede sem fio.

AES significa “Advanced Encryption Standard”, um protocolo mais seguro introduzido com a chegada do padrão WPA2, que substituiu o WPA. O AES não é apenas mais um padrão desenvolvido especificamente para redes Wi-Fi; é um padrão mundial de criptografia adotado até pelo governo dos Estados Unidos.

O código “PSK” em ambos os nomes quer dizer “pre-shared key”, ou seja, sua senha criptografada.

Continue reading Entenda os modos de segurança Wi-Fi

Curlew – ferramenta para conversão de vídeos no Linux

Dependendo do dispositivo que estiver usando, seus vídeos deverão ser convertidos em formatos que seja compatíveis com ele. Por isso, você irá precisar ter um software eficiente que possa convertê-los sem problemas. Sendo assim, apresento o Curlew. Ele é um conversor gratuito para Linux. É escrito em Python e GTK3 e baseado ffmpeg. É fácil de usar, pois tem uma interface simples. Além disso, é possível converter mais de 100 formatos diferentes. Inclusive o formato .DAV (DVRs Intelbras).

Baixe aqui os arquivos oficiais.

Dicas para melhorar a potência e a largura de banda do seu roteador Wi-fi

Nós podemos otimizar a velocidade de nossa conexão Wifi ou Wireless para atingir velocidades máximas de 100Mbps até 450Mbps, segundo o fabricante de certos roteadores Wi-fi.

Eu pessoalmente nunca consegui passar dos 100 Mbps indoor, digo isto de forma estável sem quedas ou oscilações, mesmo assim fiquei muito satisfeito com este resultado, pois as redes wireless ainda são  muito instáveis sofrendo muitas interferências.

Geralmente os roteadores possuem uma Largura de Banda configurável chamada de Bandwidth ou Channel Width.
Esta largura do canal do roteador, ou a Channel Bandwidth como também é conhecida por muitos de nós, pode ser configurável com 20 MHz ou 40 MHz em sua rede sem fios. Mas tome muito cuidado nessa hora pois seu wireless após certas configurações pode sumir – explico mais adiante!
Você precisará de uma dose de paciência para verificar qual é o melhor canal do roteador Wi-Fi!
Esta configuração dependerá de algumas especificações e dos dispositivos que conectarão ao roteador, podendo ajudar a melhorar muito o desempenho e a velocidade do Wi-Fi, seja ele um Wi-Fi Indoor, Wi-Fi Residencial ou Wi-Fi Outdoor – cada caso é único!
Se você não consegue de jeito nenhum velocidades máximas no seu roteador 802.11n ou 802.11g, digo: entre 54Mbps e 100Mbps continue lendo até o final.

Continue reading Dicas para melhorar a potência e a largura de banda do seu roteador Wi-fi

Power balun passivo Intelbras

Os baluns passivos com transmissão de vídeo e alimentação são as soluções ideais para atender as instalações de CFTV via cabo UTP. É um kit completo composto por power balun, baluns para conexão na câmera e cabos BNC para conexão com DVR. Eles conduzem alimentação e sinal de vídeo para câmeras até 300 metros através de cabo UTP CAT5 e OU CAT6*. Além disso, todos são compatíveis com a tecnologia analógica tradicional e HD 720p. Segurança

Segurança

Os baluns com vídeo e alimentação são conversores de impedância que protegem o sistema contra os surtos e possuem filtro que elimina ruídos na imagem, permitindo sinal de qualidade a longas distâncias. Além disso, suas saídas são protegidas individualmente por PTC contra sobrecarga.

Qualidade

Os baluns  possuem LED indicativo e fonte bivolt automática, que proporciona alimentação de qualidade para as câmeras. Além disso, eles recebem vídeo e transmitem alimentação em um só cabo UTP – substituindo o cabo coaxial – permitindo que as instalações sejam mais organizadas e seguras, reduzindo o espaço de cabeamento.