Companhia divulga 1º ataque hacker com TVs e refrigerador

Segundo comunicado, 750 mil e-mails maliciosos foram enviados a partir de 100 mil equipamentos como roteadores, televisores e pelo menos um refrigerador; eletrodomésticos conectados devem crescer 4 vezes mais que computadores;

Hackers

Como tudo que envolve tecnologia e conexão à rede, o mundo da internet das coisas também pode ser alvo de ataques maliciosos. A empresa de segurança Proofpoint divulgou na semana passada o que pode ter sido o primeiro ataque hacker envolvendo eletrodomésticos inteligentes. Segundo o comunicado, 750 mil e-mails maliciosos foram enviados a partir de 100 mil equipamentos domésticos comuns como roteadores, televisores e pelo menos um refrigerador.

A empresa alerta para o fato de que as previsões divulgadas indicam que o mercado de dispositivos conectados deve crescer quatro vezes mais que o número de computadores ligados à rede, o que pode favorecer o aumento desse tipo de problema.

O ataque observado pela Proofpoint ocorreu entre 23 de dezembro e 6 de janeiro e foi feito a partir de ondas de e-mails maliciosos enviadas três vezes ao dia. Mais de 25% do volume de e-mails não foi enviado por notebooks, computadores ou dispositivos móveis. Esse tipo de ataque ocorre quando hackers invadem computadores para agirem como robôs dentro de uma botnet (veja ao lado).

“As empresas podem ver esses ataques crescerem quanto mais dispositivos estiverem online e criminosos encontrarem mais maneiras de explorá-los”, disse o gerente geral de segurança da informação da empresa, David Knight.

Essa é a primeira vez que a indústria tem provas de um ataque envolvendo aparelhos comuns. O instituto de pesquisa IDC prevê que mais de 200 bilhões de equipamentos estarão conectados à internet até 2020. Normalmente, eles não têm proteção antivírus e antispam.

Flash

Dicionário. Botnet é um grupo de máquinas infectadas que são mobilizadas para executar tarefas maliciosas como o envio de spam e o roubo de informações.
Números

750 mil e-mails maliciosos foram enviados entre 23 de dezembro e 6 de janeiro

200 bi equipamentos estarão conectados à internet até 2020, segundo o instituto de pesquisa IDC

Fonte: Jornal O Tempo
Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Obrigatório * Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.